Image Alt

Blog Unigran Europa

dicas para economizar em viagens internacionais

7 dicas para economizar em viagens internacionais

Viajar é estar aberto a novas ideias, experiências e culturas, além de formas de ver a vida e o mundo. Há muitos lugares fantásticos para conhecer, seja sozinho, com amigos ou com a família. Sair da zona de conforto e ir para um lugar desconhecido te ajuda a ter mais perspectiva sobre o mundo e aqueles que te cercam.

Quem adora economizar nas viagens para conhecer ainda mais lugares, já sabe que viajar na alta temporada (janeiro, julho ou dezembro) pode te fazer gastar ainda mais com passagens e hospedagens. Se você tem filho em idade escolar ou trabalha em escola, entende que não há como viajar nos meses de baixa temporada. Por isso, se você procura dicas de como economizar o máximo possível, mesmo nas altas temporadas, este post é para você!

Mas se você pode viajar em qualquer época do ano e está em busca de dicas para conseguir viajar para aquele lugar tão sonhado, este artigo também te ajudará com alguns macetes para economizar em viagens internacionais.

1. Priorize seus objetivos

Antes de comprar as passagens e escolher o seu destino, é necessário priorizar as coisas que você tem vontade de conhecer. É na Europa? Você quer gastar seu dinheiro com roupas e sapatos ou passeios turísticos? Qual tipo de passeio turístico mais tem a ver com seu perfil? Castelos, vitrines da moda ou museus? Pense um pouquinho se você realmente tem interesse naquilo.

Tudo isso é muito importante na hora de decidir qual tipo de passeio você vai escolher e onde você gastará mais seu dinheiro quando chegar ao seu destino. Não existe nenhuma regra determinando que você precisa ir a todos os museus, monumentos e parques que aparecem nos guias de viagem. Não se sinta mal de tirar da sua lista aquele restaurante famoso que todo mundo fala ou aquele museu caro e disputado se você sabe que não é interessante para você.

Além de dinheiro, você vai economizar tempo para fazer outras atividades que considera mais atraente para você!

2. Economize na passagem aérea

A passagem aérea costuma representar uma parte significativa dos custos de uma viagem. Sendo assim, passar um bom tempo pesquisando valores de passagens antes da sua viagem vai assegurar que você faça um bom negócio.

Usar companhias aéreas de baixo custo, comprar com meses de antecedência e usar sites especializados em comparar preços em diferentes sites são algumas das dicas mais valiosas na hora de economizar na passagem aérea.

Voar na quarta-feira ou sábado tende a ser mais barato, segundo pesquisa feita por vários sites de viagens. Então se você não tem tempo de ficar pesquisando muito e quer pagar mais barato, já verifique voos nessas datas.

Sites como Kayak e Momondo são ótimos para comparar quais dias em que as passagens são mais baratas, mesmo que dentro de um mesmo mês. Em um site como skyscanner.com.br, por exemplo, além de fazer pesquisas sobre passagens, ainda é possível se cadastrar para receber alertas por e-mail cada vez que o valor estiver menor que o valor que você encontrou ao realizar a pesquisa pela primeira vez. Quando você achar que o preço atingiu seu objetivo, você volta ao site e faz a sua reserva.

3. Inclua passeios gratuitos no roteiro de viagem

A grande maioria das cidades turísticas internacionais possui uma infinidade de opções de lazer que um turista amará conhecer. As atrações vão desde parques, igrejas, feiras e praças até museus e galerias de arte.

Procure pesquisar antes de viajar para saber onde e quando acontecem atrações gratuitas na cidade e conseguir se programar para poder se divertir e conhecer a cultura local.

4. Dê preferência ao transporte público

O transporte público costuma funcionar muito bem e por isso faz parte da rotina da maioria das pessoas que vivem no exterior. As corridas de táxi são caras e alguns taxistas são mal intencionados quando percebem que seu passageiro não é daquele país e não entende muito sobre os valores normais das corridas. Por isso, o ideal para o dia a dia é mesmo usar e abusar dos metrôs e ônibus.

Antes de viajar, se informe sobre o transporte da cidade e os valores dos tickets, se existem bilhetes de longa duração e se vale mais a pena optar por um nos dias em que você estiver visitando a cidade.

5. Elabore uma lista de compras detalhada

Se você é daqueles que prefere gastar o seu dinheiro em compras nas famosas ruas da Europa, mas não quer torrar seu dinheiro “a toa”, preste atenção nessa dica!

O grande segredo da economia na hora das compras não é resistir às tentações, é nem saber que essas tentações, de fato, existem. Como fazer isso? Utilizando uma palavra muito importante em qualquer etapa da sua viagem: planejamento.

Você já fez a lista de hotéis e de alguns pontos turísticos que quer conhecer, agora é hora de fazer a lista de compras. O primeiro passo é fazer uma lista daquilo que você precisa comprar. Nela, você vai elencar itens que são indispensáveis para você: computador, celular, roupa ou aquele cosmético que não vende no Brasil. Priorize a necessidade e pense na durabilidade do item. Quanto mais durar, maior deve ser a prioridade na hora da compra.

O segundo passo é calcular e estudar esta lista de desejos. Pesquisar e acessar os site de cada loja que contém o item desejado e anotar o preço. Assim você já saberá, antes mesmo de sair do Brasil, o quanto precisará (em euros ou dólares) para comprar o item.

Dessa forma, quando chegar nas lojas você saberá exatamente o que comprar e por quanto, além de já ter de cabeça se aquilo realmente faz parte das suas necessidades. Só utilize o cartão de crédito em caso de extrema necessidade ou se ele já for parte do seu planejamento.

6. Use suas milhas

Muita gente ainda não tem noção da importância dos pontos e milhas na hora de fazer uma viagem. Eles podem ser convertidos em passagens aéreas tanto para os voos longos saindo do Brasil quanto para deslocamentos durante a viagem, hotéis, aluguel de carro e muito mais.

Pesquise e procure saber quais são as companhias parceiras, pois você pode acumular as milhas recebidas em seus voos em programas diferentes e economizar ainda mais na hora da sua viagem!

7. Não surte!

Toda viagem requer muita pesquisa e planejamento. E cada pessoa possui seu estilo (mais econômico ou não) e suas prioridades, não só na hora de escolher o destino das próximas férias.

Leia e pesquise muito sobre o local desejado e utilize o maior número de dicas e conselhos que você achar que é conveniente para a sua experiência. Nem sempre vale a pena radicalizar nas economias e passar perrengue. Assim, você pode acabar nem aproveitando uma viagem que foi tão esperada, né?

Tem mais alguma dica que não foi listada e que você considera essencial na hora de economizar? Comente aí embaixo, vamos adorar saber!